quarta-feira, 26 de julho de 2017

Para quando a manifestação de preferências para a Mobilidade Interna?

Tendo como base aquilo que expliquei aqui, julgo que a manifestação de preferências para a Mobilidade Interna apenas ocorrerá a partir do início da próxima semana, mas também não me espantaria nada se começasse já amanhã ou na sexta. Se há algo a que os sucessivos Ministérios da Educação nos habituaram é a uma forte imprevisibilidade.

Alguns estarão neste momento a questionar: Então e se os colegas contratados já estão a manifestar as suas preferências, porque não o podem fazer também os colegas dos quadros?

A resposta é simples: porque as escolas têm até esta sexta-feira, para indicarem os professores aos quais não seja possível atribuir pelo menos 6 horas de componente letiva. Os professores contratados não são considerados nesta contabilização, como tal, puderam manifestar as suas preferências mais cedo.

Nota: não se esqueçam que "os docentes identificados como não tendo componente letiva devem ser notificados, por escrito, de que deverão ser opositores ao concurso da mobilidade interna" (ver ponto 3.1 desta nota informativa).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...