sexta-feira, 16 de junho de 2017

Eis os serviços mínimos...


Comentário: Mas alguém neste país tinha dúvidas que a manutenção da greve para 21 de junho, iria ter como consequência o decreto de serviços mínimos?! 

Por motivos óbvios, FENPROF e FNE mantêm a greve... E com eventual razão, se realmente se confirmar que o tal diálogo com os sindicatos que o atual Ministro da Educação publicitou, não tem reflexo na realidade. E eu acredito que não tenha, até porque parece que o Ministério da Educação terá telefonado aos sindicatos, no final da tarde de hoje. 

E o que foi dito nesse telefonema?

Basicamente nada.... No essencial, informaram os sindicalistas que dentro em breve irão receber um documento no qual irão constar as principais conclusões retiradas da reunião da semana passada. Nada mais!!! No essencial, é gozar com a cara dos sindicalistas (e se quiserem com a cara de alguns professores).

Mas, e relativamente aos serviços mínimos. Há novidades? Parece que sim, e eu transcrevo-as de seguida:

"Segundo a decisão do tribunal arbitral desta sexta-feira, para além dos dois professores por sala de exame, terão também de estar ao serviço docentes que garantam a recepção e guarda de enunciados (um professor), o cumprimento das tarefas de professor coadjuvante (um docente por disciplina) e do serviço de exames “pelo número de docentes estritamente necessário”."

Pessoalmente considero que esta greve, poderia e deveria ter sido pensada de outra forma, implementada numa fase mais estratégica, não propensa a serviços mínimos e onde fosse possível (e preferível) o consenso entre todas as organizações sindicais. Espero que esta greve tenha uma grande adesão, mas ninguém pode afirmar que estão criadas as condições para ter um efeito residual...

1 comentário:

  1. Pessoalmente acho que não deveria ir avante a ideia da greve. Uns fazem greve e descontam no ordenado, outros querem fazer mas são requisitados (os tais mínimos) e outros, não fazem e ficam a rir-se de todos os outros mas com esperança que a luta dê frutos e que eles ainda possam vir a colher alguns. É sempre assim. Greve? Sim. Mas está visto que nestes dias não tem o efeito pretendido.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...